Ads Top

Rinha de bebês é descoberta e gera revolta na internet

Todos nós conhecemos a primeira regra do Clube da Luta, “você não fala sobre o Clube da Luta“. Entretanto, as regras são um pouco diferentes, quando estamos lidando com crianças. No Missouri, uma rinha de bebês foi descoberta e gerou uma série de revoltas, na internet.

Como uma espécie de dinâmica entre as crianças, o professor propôs que elas lutassem entre si. “Eu quis que a luta com as mãos do Hulk fosse um exercício para aliviar o estresse”, disse o ex-professor.

Uma ringue para crianças lutarem

Em St. Louis, no Missouri, uma creche incentivou as crianças a brigar violentamente entre si, em uma espécie de “Clube da Luta”. De acordo com Nicole Merseal, seu filho, de apenas quatro anos, foi instruído a dar socos e, literalmente, lutar com outra criança. Depois disso, Merseal, de St. Charles, Missouri, processou a creche. Afinal, como ela poderia permitir que uma criança “intimidasse e prejudicasse” seu filho?

Em um vídeo, foi possível identificar o filho mais novo de Merseal e outro garota, usando punhos de brinquedo do “Incrível Hulk”. Além disso, o professor ainda aparece nas filmagens, observando a ação como se não houvesse nada de errado. De acordo com Merseal, um de seus filhos havia gravado o vídeo em um iPad e depois, enviado a mãe. Sem pensar duas vezes, Merseal chamou a polícia e pediu a investigação do caso. Professores, crianças e o diretor foram interrogados no caso.

Em um documento, divulgado pelo Departamento de Saúde e Serviços Sênior do Missouri, como justificativa para o caso, foi dito que as crianças “estavam entediadas”. E que o incidente aconteceu porque “ficamos sem coisas para fazer”, explicou Jennifer Scott, diretora do departamento. Depois disso, as professoras Mikayla Guliford e Tena Dailey foram demitidas da escolas.

Como surgiu o “Clube da Luta?”

Ao ser questionada, Guliford admitiu que as crianças eram incentivadas a brigar. “Eu quis que a luta com as mãos do Hulk fosse um exercício de alívio do estresse”, disse ela. “Não durou mais que três ou quatro minutos”. Apesar de haver evidências em vídeo, a Procuradoria de St. Louis se recusou a processar os professores. “Não havia evidências suficientes para provar, além de qualquer dúvida razoável, que alguma lei foi violada”, disse a agência em comunicado à NBC News. “No entanto, isso não diminui o julgamento incrivelmente ruim desses adultos que tinham a responsabilidade de seguramente supervisionar essas crianças. Se alguém tiver informações sobre esse assunto, recomendamos que entre em contato com nosso escritório”.

Depois disso, o Departamento de Saúde da cidade passou a conduzir a investigação, depois de descobrir a ocorrência. “O relatório da Seção para Regulamento de Assistência à Criança concluiu que as regras de licenciamento foram violadas e solicitou que a instituição adotasse medidas adicionais, para garantir que os funcionários fossem treinados e conhecedores das atividades apropriadas à idade das crianças”, disse o Departamento de Saúde e Serviços Sênior de St. Louis, em seu relatório. Além disso, a creche foi processada em mais de 25 mil reais, em danos morais. Dessa forma, confira o vídeo do momento da luta logo abaixo.

Essa matéria Rinha de bebês é descoberta e gera revolta na internet foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.