Ads Top

Nos EUA, cientistas descobrem fóssil mais antigo de um sistema digestivo

Fósseis mais antigos de um sistema digestivo são encontrados nos EUA (Foto: Divulgação/University of Missouri)

 

Um estudo publicado nesta sexta-feira (10) na revista científica Nature Communications traz um achado importante para entender a evolução dos animais na Terra: cientistas da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, encontraram o fóssil mais antigo de um sistema digestivo.

 

O achado de 550 milhões de anos foi descoberto no deserto de Nevada, no oeste dos EUA. Utilizando uma máquina de raio-X da universidade que faz análises microscópicas em fósseis, os estudiosos criaram um modelo 3D digital do órgão. Com isso, conseguiram analisá-lo com mais detalhes.

De acordo com Jim Schiffbauer, líder do estudo, o fóssil se encaixa em um grupo de organismos conhecidos como Cloudinidae, que viveram nos últimos 10 a 15 milhões de anos do período Ediacariano. Esse também foi período que antecedeu a explosão Cambriana, quando surgiram muitos dos ancestrais dos grupos de animais que conhecemos hoje.

Entre os primeiros seres que se originaram nessa época estão crustáceos e minhocas. Até agora, os cientistas não sabiam muito bem como esses dois tipos de animais poderiam ser conectados. O fóssil encontrado em Nevada pode ser uma resposta.

 

O órgão fossilizado tem formato tubular e traz indícios de como poderia ser a anatomia do trato digestivo dos primeiros seres vivos do período Ediacariano. “Essas estruturas não apenas são as mais antigas de um sistema digestivo, mas também ajudam a resolver um longo debate evolutivo sobre onde posicionar esse importante grupo de fósseis [os Cloudinidae]”, disse Schiffbauer, em comunicado.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.