Ads Top

Entenda o porquê de o número 9 ser tão importante na mitologia nórdica

Desde que o mundo é mundo, a fé, a espiritualidade, e os números estão entrelaçados. Basta observar as 613 mitzvot, que são mencionadas no Talmud. Ou a trindade no cristianismo ou até os padrões envolvidos na geometria sagrada para notar isso. Desde sempre, os números desempenharam um papel fundamental, em diferentes sistemas de crenças. Entre as várias mitologias, não seria diferente com a nórdica. Os povos vikings também atribuíam um significado especial aos números. Eles tinham um apreço em particular com o 3, o 7, o 8 e o 9.

Embora todos esses sejam números especiais, nem todos apresentam a mesma importância. O oito, por exemplo, era considerado um número azarado. Já o três era um número sagrado, relacionado a Odin, Vili e Ve. Esses foram os três seres responsáveis pela criação da raça humana pela mitologia nórdica. Mas e o nove, o que esse número, em particular, tinha de tão importante para esses povos? Se você conhece um pouco que seja sobre a mitologia nórdica, já deve ter notado um padrão relacionado ao número, e aqui está o porquê.

Os Nove Mundos

A imagem acima, mostra um representação moderna de Yggdrasil, e chamada “Árvore do Mundo” da cosmologia nórdica. Essa árvore cresceu cada um dos nove mundos em seus ramos e raízes. E por isso, é tão importante dentro dessa mitologia. E mesmo que você nunca tenha se aprofundado no tema de lendas nórdicas, é bem provável que você conheça alguma coisa sobre. Nem que seja através do Yggdrasil de joias, da Marvel ou da Casa das Folhas, esses que mencionam vagamente essa mitologia.

Mas a mais popular, com certeza, é a Marvel, e o Thor que o diga. E mesmo que os quadrinhos e filmes apresentem alguns erros sobre a mitologia nórdica, as histórias modernas refletem bem o fato de que essa árvore liga os nove mundos desse universo. Sendo eles, o mais conhecido de todos: Asgard, Niflheim, Muspelheim, Alfheim, Jotunheim, Vanaheim, Svartalfheim, Helheim e Midgard que, no caso, é o nosso mundo, o mundo dos humanos.

Então, se você vive em um universo, que contempla nove mundos sustentados em uma única árvore, já é esperado que o nove seja um número supremo. Mas além disso, tem também o fato de o nove ser derivado dos 27 dias do calendário lunar. Justamente por ser um múltiplo de nove.

O número nove

De acordo com o filólogo Rudolf Simek, ao longo de quase todas as lendas nórdicas, o número nove é citado com certa frequência. Exemplo disso são as histórias de festas de sacrifício, com duração de nove dias. Essas que envolviam nada mais nada menos do que nove sacrifícios.

Tem também Heimdall, o guardião da ponte arco-íris de Bifröst, que nasceu de nove mulheres diferentes. O deus Freyr foi obrigado a adiar o seu casamento com Gerd, por, adivinha só, nove dias.

E quando Odin se enforcou em um dos galhos de Yggdrasil, ele ficou ali, observando ás águas escuras abaixo dele, por nove longas noites. No final delas, ele foi permitido olhar os segredos abaixo. E finalmente, durante o Ragnarok, o dia do juízo nórdico, a grande batalha de Thor contra a Serpent, termina com o Deus do Trovão tropeçando por nove passos, até cair no chão desmaiado.

Essa matéria Entenda o porquê de o número 9 ser tão importante na mitologia nórdica foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.