Ads Top

Larry Page e Sergey Brin saem do comando da Alphabet, dona do Google

Larry Page e Sergey Brin não estão mais no comando da Alphabet, a companhia que, hoje, controla um dos maiores fenômenos da internet: o Google. Em carta divulgada no final de terça-feira (3), a dupla anunciou a decisão de deixar a direção da Alphabet nas mãos de Sundar Pichai, que até então ocupava apenas o posto de CEO do Google.

Larry Page e Sergey Brin (AP Photo/Paul Sakuma)

O Google nasceu em 1998 e, após uma década e meia de plena ascensão, passou por uma grande transformação em 2015: esse foi o ano em que Page e Brin anunciaram a criação da Alphabet, um conglomerado de empresas de variados ramos de atividades, mas que trazem em seu DNA fatores como desenvolvimento tecnológico e inovação.

Entre os negócios que fazem parte da Alphabet estão a Waymo (carros autônomos), a Wing (drones), a Verily (ciências da vida) e, claro, o Google, cuja direção foi assumida por Sundar Pichai depois que os fundadores Larry Page e Sergey Brin passaram a ocupar, respectivamente, os postos de CEO e presidente da Alphabet.

Na carta, os fundadores do Google não explicam o porquê da decisão. Eles disseram apenas que, como a Alphabet está bem estabelecida, o conglomerado e o Google não precisam mais de dois CEOs e um presidente: Pichai vai ficar à frente das duas organizações.

alphabet

É de se imaginar que Page e Brin estejam agora focados em curtir uma espécie de aposentadoria ou em passar mais tempo livre, afinal, a dupla acumulou uma grande fortuna nos últimos anos.

Nas estimativas da Forbes, Larry Page é a 10ª pessoa mais rica do mundo com um patrimônio de US$ 50,8 bilhões enquanto Sergey Brin aparece na 14ª posição com US$ 49 bilhões.

Mas, embora tenham deixado a liderança, Page e Brin não estão se afastando da Alphabet. Eles afirmam que "continuarão ativamente envolvidos como membros do conselho administrativo, acionistas e cofundadores" da companhia. A dupla também diz que permanecerá em contato regular com o novo líder.

Foto por Nguyen Hung Vu/Flickr

Sundar Pichai

Sundar Pichai parece mesmo o nome mais apropriado para a nova fase da Alphabet. Indiano e com 47 anos, o executivo começou a trabalhar no Google em 2004 e, portanto, viu de perto as principais transformações pelas quais a empresa passou.

Antes de assumir as rédeas do Google, Pichai já era uma figura conhecida por aparecer com alguma frequência em apresentações sobre o Android: ele liderou a divisão responsável pela plataforma antes de se tornar CEO.

Larry Page e Sergey Brin saem do comando da Alphabet, dona do Google

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.