Ads Top

7 números que possuem superstições macabras por trás

Superstições fazem parte do dia a dia de qualquer cidadão. Afinal, mesmo se você nunca teve nenhuma, conhece alguém que tem. De todas formas, sabemos que, ao longo da história, inúmeras superstições ganharam força.

Hoje, aqui, não vamos falar sobre as que já conhecemos, como por exemplo, quebrar espelho ou passar debaixo de escadas. Vamos falar das superstições que envolvem números.

O número 13, por exemplo, para muitos, é considerado um número de azar. Mas ele não é único. Há muitos outros números, que são evitados por aqueles que acreditam nas superstições. Confira agora, quais são eles.

1 – 39

Superstições não são consideradas somente no Brasil. Há também outros países, que acreditam fielmente em superstições. O Afeganistão é um deles. Ali, ao que parece, ninguém gosta do número 39. Principalmente na capital, Cabul. E sabem porque não gostam do número? Porque um cafetão já teve um carro com o número 39 na placa e também morava em uma casa, com o número no endereço. Dizem também que o número faz parte de uma forma antiga de cálculo, chamada abjad. Os afegãos evitam o número de todas as formas. Um carro, que possui 39 na placa, é vendido mais barato, por exemplo.

2 – 0888 888 888

A empresa de telefonia móvel búlgara, Mobitel, suspendeu o número de telefone 0888 888 888, depois que três pessoas morreram após utilizá-lo. O primeiro foi Vladimir Grashnov, ex-CEO da empresa. Ele morreu em 2001. Mais tarde, o número foi utilizado pelo traficante, Konstantin Dimitrov, que morreu na Holanda, enquanto inspecionava seu império. A terceira pessoa, que usou o número, também era traficante de drogas. Konstantin Dishliev morreu em frente a um restaurante, em Sofia, na Bulgária.

3 – 11

Graças ao sistema numérico que usamos, é possível ter datas e horários, que consistem em um único dígito, como, por exemplo, 11/11/11 e 11:11. Por isso, há muitas superstições envolvendo o número 11. O número, por exemplo, está fortemente ligado ao assassinato de Kennedy e aos ataques às torres gêmeas do World Trade Center.

4 – 17

Na Itália, 17 é visto como um número que traz azar. O número, para muitos, simboliza a morte. Além disso, 17, em algarismo romano, se reorganizado, forma “VIXI”, que significa “eu vivi”. Para muitos italianos, o número também traz azar por causa do grande dilúvio bíblico, que começou em 17 de fevereiro, e que, por sinal, é um dos poucos eventos explicitamente datados na Bíblia. Além disso, em la smorfia, um sistema numérico, usado para interpretar sonhos, 17 significa infortúnio.

5 – 250

Na China, o número 250 é considerado um insulto. O uso do número como um insulto surgiu na China Antiga. Naquela época, quando as moedas de cobre ainda estavam em uso, mil moedas costumavam ser a medida padrão. Metade disso (500) refere-se a algo ou alguém inferior, e metade dos 500 (250) refere-se a alguém ou algo severamente inferior.

6 – 87

No críquete australiano, 87 é considerado o “número do diabo”. A superstição começou em dezembro de 1929, quando Keith Miller assistiu a um jogo, com o australiano Don Bradman. Bradman foi provavelmente o melhor batedor de todos os tempos. De todas as formas, Miller cresceu e se tornou jogador de críquete da equipe australiana. O problema com o número veio exatamente aí. Em 1987, quando Miller começou a fazer parte da equipe australiana, Ian Johnson, outro jogador, acabou sendo demitido. Johnson, ao que parece, foi demitido após ter participado de 87 jogos. A partir de então, superstições entre os jogadores começaram a surgir.

7 – 111

No esporte, o número 111 é visto como um número que traz azar. Além disso, o número passou a ser chamado de Nelson, em homenagem ao famoso almirante naval da Inglaterra, Horatio Nelson. Acredita-se que o número representa as três grandes vitórias navais de Nelson. Uma foi em Copenhague, outra no Nilo e a última, em Trafalgar. De todas as formas, o motivo, que explica o fato do número trazer azar, é incerto, afinal, está relacionado à vitórias, e nada mais.

Essa matéria 7 números que possuem superstições macabras por trás foi criada pelo site Fatos Desconhecidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.