Ads Top

Por que você não deve matar as aranhas que aparecem na sua casa

Uma aranha de pernas compridas (Foto: Flickr/Donald Hines/Creative Commons)

 

Pode ser difícil te convencer, mas deixe-me tentar: não mate a próxima aranha que você vir na sua casa. Isso porque elas são uma parte importante da natureza — assim como são organismos com direitos próprios.

Muitas aranhas podem ser encontradas em ambientes internos, pois ficaram presas acidentalmente ou são visitantes temporárias. Algumas espécies até gostam dos grandes interiores, onde vivem felizes e se reproduzem. 

Esses aracnídeos geralmente são discretos, e quase todos não são agressivos e nem perigosos. Eles ainda podem prestar serviços, como comer pestes (e até outras aranhas).

 

Eu e meus colegas conduzimos uma pesquisa em 50 residências que ficam na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, para descobrir quais artrópodes vivem sob nossos tetos. Todas as casas que visitamos tinham aranhas; as espécies encontradas mais comuns foram as araneomorfas e as aranhas de pernas compridas.

Ambas constroem teias nas quais ficam esperando por presas. As aranhas de pernas compridas podem sair para buscar outras aranhas, fingindo ser presas para matar suas "primas". 

Aranha de perna comprida finge que é presa para capturar e comer outras aranhas (Foto: Matt Bertone, CC BY-ND)

 

Embora sejam predadoras generalistas, aptas a comer tudo o que caçam, as aranhas em geral capturam pestes inconvenientes e até insetos que transmitem doenças, como os mosquitos. Inclusive, na África existe uma espécie de uma aranha saltadora que prefere comer mosquitos cheios de sangue. 

Portanto, matar uma aranha não só acaba com a vida do aracnídeo, mas também pode retirar um predador importante de dentro da sua residência. 

Arcanofobia, e agora? 
É natural ter medo de aranhas. Elas têm muitas patas e quase todas são venenosas — embora a maioria das espécies tenham venenos muito fracos para prejudicar humanos. 

Até mesmo entomologistas podem acabar com aracnofobia. Eu conheço alguns pesquisadores que superaram o medo ao observar e trabalhar com essas criaturas fascinantes. Se eles conseguem, você também consegue.

Uma aranha de pernas compridas (Foto: Matt Bertone, CC BY-ND)

 

As aranhas não estão atrás de você e, na verdade, até preferem evitar humanos; nós somos muito mais perigosos para elas do que o contrário. Mordidas de aranhas são extremamente raras. Embora existam poucas espécies medicamente relevantes, como as viúvas negras, até suas mordidas são incomuns e raramente causam problemas sérios.

Se você realmente não suporta um aracnídeo em sua casa, apartamento, garagem ou onde quer que seja, em vez de esmagá-lo, tente capturá-lo e soltá-lo no exterior. O bicho vai encontrar outro lugar para ir, e todo mundo vai ficar mais feliz com o resultado.

E se você consegue tolerar, não tem problema ter aranhas dentro de casa. Na verdade, é normal. E francamente, mesmo que você não as veja, elas vão estar lá. Por isso, considere uma filosofia de “viver e deixar viver” da próxima vez que encontrar uma aranha.

*Matt Betone é associado do programa de extensão em Entomologia na Universidade do Estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Este artigo foi escrito originalmente em inglês e publicado no The Conversation

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.