Ads Top

Intel e MediaTek fazem parceria para levar 5G a notebooks

Em abril, a Intel desistiu de produzir modems 5G para celulares — essa divisão acabou sendo comprada pela Apple por US$ 1 bilhão —, mas isso não significa que o assunto morreu para a companhia: agora, o plano é levar redes do tipo a notebooks e desktops. Só que, para alcançar esse objetivo, a Intel decidiu unir forças com a MediaTek.

A parceria vai funcionar assim: a Intel irá definir especificações de 5G para implementação em PCs e a MediaTek irá desenvolver um modem para redes do tipo com base nesses parâmetros. Posteriormente, a Intel analisará o chip resultante para validá-lo e, se for o caso, otimizá-lo.

Também caberá à Intel usar a sua influência no mercado para convencer fabricantes de PCs a adotarem o modem 5G e atuar junto a essas empresas para garantir que o novo hardware funcione bem nos equipamentos. Isso significa que a Intel também responderá pelo fornecimento dos drivers do modem.

Helio M70 5G

Essa trabalha não começará do zero. Na verdade, Intel e MediaTek basearão o projeto no modem Helio M70 5G, que foi desenvolvido originalmente para implementação em smartphones.

Na primeira olhada, a parceria deve trazer benefícios para as duas companhias (como tem que ser): a Intel fica livre para se focar no desenvolvimento e aperfeiçoamento de sua plataforma de 10 nanômetros, por exemplo, enquanto a MediaTek ganha mais força em 5G, especialmente no mercado americano.

A escolha da MediaTek é um tanto óbvia para a Intel. As outras companhias que poderiam fechar esse tipo de parceria são Samsung, Huawei e Qualcomm. No entanto, as duas primeiras estão focadas em chips 5G para os seus próprios dispositivos. Já a parceria com a Qualcomm seria improvável por conta da sua rivalidade com a Intel.

Os primeiros notebooks e desktops baseados no novo modem 5G devem ser lançados em 2021.

Com informações: Ars Technica.

Intel e MediaTek fazem parceria para levar 5G a notebooks

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.